Em 180 minutos com o placar zerado no Nílton Santos, Botafogo (ainda) é líder isolado da Série B

Com mais um empate em zero a zero no Nílton Santos, o Botafogo continua com a colaboração dos seu adversários e se mantém na liderança do campeonato. Agora, quatro times (Vitória, Bahia, América e Náutico) estão a dois pontos de diferença e o sexto colocado, Paysandu, a três. Na próxima rodada, o Botafogo viajará até o Recife para enfrentar o Santa Cruz no sábado, 16h30.

Foto: Vitor Silva
Jefferson ficou os noventa minutos assistindo à partida de um lugar privilegiado: dentro de campo. O adversário pouco ameaçou a meta do arqueiro. Mas o Botafogo não ficou muito atrás. Foram poucas as chances de fazer o gol.

No primeiro tempo, foram duas boas chances. Na primeira, aos 25, Carleto passou para Diego Jardel, o camisa 10 cruzou e Luis Henrique completou para fora, com o goleiro adversário fora do gol pois tinha saído em falso. E aos 41, Carleto cobrou uma falta e o zagueiro grandalhão Luis Otávio quase faz contra.

Foto: Vitor Silva

No segundo tempo, já com Neílton no lugar do Sassá no intervalo, o Botafogo pouco evoluiu e continuava com dificuldades em criar chances de gol. Novamente, foram apenas duas boas chances. Na primeira, aos 18, o próprio Neílton recebe passe de Carleto e, livre na grande área, chuta cruzado e para fora. Já aos 37, após escanteio cobrado pela esquerda, novamente o zagueirão Luis Otávio quase faz contra. Ele era o nosso "melhor atacante" na partida, pois teve as melhores chances.

Foto: Vitor Silva
Para não dizer que não foi falado das flores, já que o Botafogo era apático e não conseguia pressionar nos minutos finais, o Luverdense colocou o Jefferson para trabalhar nos acréscimos em uma finalização de fora da área. Mas o goleiro titular da seleção brasileira defendeu bem no seu canto esquerdo rasteiro, fazendo uma defesa segura.

Agora, será uma semana de treinos para que o técnico Ricardo Gomes comece a implementar a sua filosofia de jogo. Após três empates consecutivos - sendo dois em casa - e com uma colaboração em massa dos concorrentes, é bom não contar com esse fator para sempre, pois um dia poderá se virar contra nós caso as vitórias demorem a ocorrer.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 0 LUVERDENSE

Local:  Nílton Santos, Rio de Janeiro (RJ).
Data / Hora: 1-agosto-2015 / 16h30 (de Brasília).

Por: Thiago Hildebrandt.

A doce Série B

Antes da estreia do técnico Ricardo Gomes, o Botafogo empatou com o Criciúma - ainda invicto sob o comando do seu treinador, o ex-jogador Petkovic - no Nílton Santos. A contar somente os números frios da pontuação, foi bom para o alvinegro, pois entrou no gramado sabendo que não perderia a sua liderança isolada devido aos resultados dos jogos de 19h30 e ainda aumentou a diferença para dois pontos do segundo colocado. Por outro lado, o time perdeu mais uma oportunidade de ampliar essa diferença.

A partir da quarta rodada, quando o Botafogo venceu o Vitória no Nílton Santos, o time tornou-se o vice-líder da competição, empatando com o então líder Bahia e perdendo no saldo de gols. Na quinta, torna-se líder mas ainda não de forma isolada. Na sétima, assumiu a liderança isolada. Na décima segunda rodada, viu três times se igualarem em pontos e se manter líder devido ao critério de desempate. E na rodada seguinte (décima terceira) até a última (décima quinta) manteve-se na liderança isolada.

Nessas últimas três partidas, foram dois empates e, mesmo assim, os adversários não voltaram a se igualar em número de pontos, quanto mais ultrapassar. E já com a décima sexta rodada tendo o seu início na sexta a noite, o Paysandu, que tinha a chance de igualar o número de pontos do Botafogo - jogou contra o vice-lanterna Mogi Mirim em seus domínios e apenas empatou.

Foto: Vitor Silva
No sábado a tarde contra o Luverdense, novamente no Nílton Santos e para não depender de tropeços de Vitória, América e Náutico, o Botafogo jogará para se manter líder isolado mais uma vez. Caso empate e um desses vença, o Botafogo perderá a liderança mas ficará com a mesma pontuação do possível líder.

Ou seja, por mais que o time tenha nos decepcionado e nos entristecido em alguns momentos nessa caminhada do retorno à elite, os adversários estão colaborando para a nossa manutenção no topo. Sendo assim, por que o nosso time não colabora, também, e dispara logo na liderança?

Reage, meu Botafogo!

Por: Thiago Hildebrandt.

Membros de organizada do Botafogo organizam campanha para doação de sangue

Se engana quem pensa que torcida organizada é só confusão e baderna. Membros do Quarto Canil, uma das divisões da torcida Fúria Jovem do Botafogo, estão organizando um mutirão para doação de sangue. A ação solidária irá acontecer no próximo dia 29/08, no Hemorio, que fica na Rua Frei Caneca, nº 8, Centro.

Os interessados em participarem da ação devem entrar em contato através da página do Canil ou através dos números que estão na imagem.



Por: Igor Melo

SUB-20: Jogando por um empate, Bota recebe o Madureira pela semifinal da Taça Rio no Niltão

Foto: Igor Melo/FogoNotícias
Partida será a preliminar de Botafogo x Luverdense



Vice-campeão da Taça Guanabara, o Botafogo joga neste sábado a sua vida na Taça Rio para poder defender o título de campeão estadual. Após empatar por 2 a 2 em Conselheiro Galvão, o Botafogo recebe o Madureira, às 13h30 deste sábado. A partida será a preliminar do jogo entre Botafogo x Luverdense, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro.


CONFIRA OS PREÇOS E POSTOS DE VENDA PARA A PARTIDA ENTRE BOTA x LUVERDENSE


Classificado para as semifinais como líder isolado da Taça Rio, o Botafogo joga pelo empate. Mas se engana quem pensa que o Alvinegro vai colocar o regulamento de baixo do braço.

- Temos a vantagem do empate, mas vamos buscar a vitória em casa, fomo fazemos em todos jogos e se Deus quiser conseguir a vitória e a classificação para a Taça Rio – disse o camisa 10 Leandro, autor do gol de empate do Botafogo na primeira partida.

Caso se classifique, o Bota irá enfrentar o vencedor do confronto entre Flamengo x Vasco, que saiu derrotado na primeira partida pelo placar de 2 a 1.

Chegue cedo ao Nilton Santos e apoie os nossos atletas do sub-20 rumo a mais uma decisão.




Por: Igor Melo

Coluna da Thaíssa Santos: Fazer a nossa parte!

Olá alvinegros,

Na última terça-feira, dia 28/07, o Glorioso foi a campo e ficou só no empate sem gols contra o Criciúma, no Nilton Santos. Mesmo com o resultado decepcionante, o Botafogo segue na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, com 29 pontos ganhos.

 O Botafogo teve uma atuação muito irregular, deixando a torcida irritada. Com os mesmos erros individuais de sempre.

Sabemos das nossa limitações, que o elenco não é lá essas grandes coisa, mas queremos raça! Queremos que o time, pelo menos em casa, mostre quem manda assim como vinha fazendo.

Bom, na próxima rodada  iremos enfrentar a Luverdense, no Niltão, às 16h30min. Apesar dos últimos resultados deixando a desejar vamos comparecer, torcedor! Vamos fazer a nossa parte, continuar dando nosso show na arquibancada. Antes da partida, haverá preliminar, com a semifinal da Taça Rio Sub-20, entre Botafogo e Madureira, a partir de 13h30.

            Foto: Paulo Sérgio / LANCE!Press

                Os ingressos estão com valores promocionais:
 - Norte: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia) - BOTAFOGO
- Sul: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) - Luverdense
 - Leste Inferior: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia) - BOTAFOGO
- Oeste Inferior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) - BOTAFOGO

                                    Por: Thaíssa Santos. 

Ingressos para Bota x Luverdense já estão a venda

O Botafogo volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Luverdense, às 16h30 no Nilton Santos e os ingressos para a partida já estão à venda. os preços das entradas varias de R$ 10 a R$ 60. Haverá meia-entrada para estudantes e gratuidades para crianças de até 12 anos, idosos e deficientes físicos. Sócio-torcedores terão que fazer o check-in.

Vale lembrar que antes do embate pela Série B, haverá a preliminar entre Botafogo x Madureira, válida pelo segundo jogo da semifinal da Taça Rio Sub-20, às 13h30.

Confira os preços e postos de venda:

PREÇOS:

- Norte: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia) - BOTAFOGO
- Sul: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) - Luverdense / Madureira
- Leste Inferior: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia) - BOTAFOGO
- Leste Superior *: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia) - BOTAFOGO
- Oeste Inferior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) - BOTAFOGO
- Oeste Superior *: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) - BOTAFOGO
OBS: os setores superiores estão bloqueados. A abertura depende do volume de vendas nos setores inferiores

POSTOS DE VENDA: www.futebolcard.com

- De 10h às 17h
General Severiano- Av. Venceslau Brás, nº 72
Nilton Santos – (Bilheteria Norte – Botafogo), Rua das Oficinas s/n Portão 2
Caio Martins – Av. Presidente Backer s/nº - Niterói
Lojas Fanáticos – Av. Brasil, n° 10 Loja 112 (Centro Comercial Delfim Carvalho) - Araruama
Hawaii Sports - Av. Ayrton Senna, 3000, lj 1.092F (Via Parque) - Barra da Tijuca
Hawaii Sports - Rua Conde de Bonfim, 685 E/F/G - Tijuca
OBS: no dia do jogo, venda apenas em General Severiano de 10h às 13h e no Estádio Nilton Santos de 10h às 17h15
OBS²: A Bilheteria Oeste está em reformas e não funcionará para o público. Este setor será vendido na Bilheteria Norte



Por: Igor Melo

PRAZO VENCE AMANHÃ E OBRAS NO NILTÃO AINDA NÃO FORAM CONCLUÍDAS

Fechado por dois anos para reparos na cobertura, o Estádio Nilton Santos seria entregue ao Botafogo com a sua capacidade máxima no fim desse mês. Seria. Apesar de não anunciar oficialmente, as obras estão atrasadas e o consórcio deverá pedir mais um mês para o término do reparo, que até agora, já custa R$ 150 milhões.

Apesar de já estar ciente do atraso nas obras, nem o Botafogo e nem a Prefeitura do Rio foram comunicados oficialmente. O atraso nas obras se dá pela demora da remoção das torres de sustentação da cobertura - apenas oito das trinta e quatro foram removidas - o que não acontecerá em apenas um dia.

Além das obras na cobertura, o Nilton Santos também passa por obras de revitalização no entorno do Estádio e reparos para os Jogos Olímpicos de 2016.



Por: Igor Melo

Com sono, Botafogo não sai do zero no Nílton Santos

O Botafogo entrou no gramado do estádio Nílton Santos sabendo que não perderia a sua liderança isolada devido aos resultados dos jogos das 19h30. Esse fato talvez ajude a explicar a letargia que o time teve nos noventa minutos contra o Criciúma. Apesar do zero no placar, o ponto somado aumentou a diferença para dois em relação ao Vitória, América Mineiro e Náutico, segundo, terceiro e quarto colocado, respectivamente. O quinto, agora, é o Paysandu, com três pontos de diferença. Na próxima rodada, mais uma vez a partida será no Nílton Santos, agora contra o Luverdense, sábado, 16h30.

Jair Ventura, em sua última partida antes do Ricardo Gomes assumir a sua função, promoveu a volta do Carleto à lateral, após cumprir suspensão, e promoveu Sassá na posição de titular no lugar do Fernandes, que iniciou como opção nos suplentes. E falando dos suplentes, o time teve novidades o atacante uruguaio Navarro e o meia da base Leandrinho, relacionados pela primeira vez. Como desfalques de última hora, Luis Ricardo e Daniel Carvalho não foram relacionados por ordem médica. Com a não escalação do lateral, o jovem Diego teve mais uma oportunidade entre os titulares.

Foto: Vitor Silva
Primeiro tempo com poucas chances para os dois times. Aos 19, a melhor do Botafogo, com Sassá chegando atrasado após jogada de Gegê pela direita. E a melhor do Criciúma aos 40, com Jefferson evitando o gol após o jogador adversário entrar na área botafoguense depois de ter tabelado com um companheiro e envolvendo os zagueiros alvinegros.

No segundo tempo, ficou a impressão que o Botafogo voltaria mais animado, após Gegê finalizar de fora da área e o goleiro catarinense se esticar todo para fazer a defesa, no primeiro minuto da etapa. E aos 11, o mesmo Gegê recebeu livre na área, mas chutou fraco para o goleiro do Tigre encaixar a bola com facilidade.

Aos 27, o Criciúma teve boa chance com um chute fraco à esquerda da meta alvinegra, que Jefferson apenas acompanhou. Aos 30, gol do Botafogo. Fernandes. Mas a arbitragem não validou de forma correta, pois o meia - que entrara no segundo tempo - estava em posição irregular.

Foto: Vitor Silva 
Com o final do jogo se aproximando, o Botafogo foi diminuindo o seu ímpeto, o Criciúma começou a se aventurar em seu campo de ataque e esteve próximo de marcar o seu gol. Aos 33, Jefferson impediu após um escanteio que o zagueiro Fábio Ferreira - ex-Botafogo - cabeceou. E aos 46, novamente Jefferson, ao fazer uma grande defesa após o Criciúma finalizar de fora da área, aproveitando um rebote de um escanteio.

Navarro fez sua estreia - entrando no lugar do Luis Henrique - mas, com poucos minutos em campo, pouco mostrou e não foi possível fazer uma avaliação sobre sua atuação.

Foto: Vitor Silva 
Com o empate, Jair Ventura entrega o Botafogo na mesma posição que recebeu de seu antecessor - em primeiro lugar - e invicto - uma vitória e dois empates. Infelizmente, foi mais uma oportunidade que o Botafogo não soube aproveitar para ampliar sua vantagem na liderança.

Que os ventos de agosto comecem a soprar mais a nosso favor.

FICHA TÉCNICA
 
BOTAFOGO 0 X 0 CRICIÚMA

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ).
Data / Hora: 28-julho-2015 / 21h50 (de Brasília).
Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES).
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Fabio Faustino dos Santos (ES).
Renda / Público: R$ 97.870,00 / 5.339 presentes (4.733 pagantes).
Cartões amarelos: Não houve advertência.

BOTAFOGO: 1- Jefferson; 4- Diego, 3- Renan Fonseca, 2- Diego Giaretta e 6- Carleto; 5- Dierson e 8- Willian Arão; 11- Octávio (19- Diego Jardel, 24'/2º.T), 10- Gegê (16- Fernandes, 28'/2º.T) e Sassá; 9- Luis Henrique (18- Navarro, 39'/2º.T). Técnico: Jair Ventura. Suplentes não utilizados: 12- Helton Leite, 13- Roger Carvalho, 14- Alisson, 15- Emerson, 17- Jean, 20- Camacho, 21- Rodrigo Lindoso, 22- Leandrinho e 23- Vinicius Tanque.

CRICIÚMA: Luiz Silva; Maicon Silva, Wanderson, Fábio Ferreira e Guilherme Santos; Wellington, Marcão, Paulinho e Lucca (Roger Guedes, 21'/2º.T); Maurinho (Jefferson, 32'/2º.T) e Neto Baiano (Paulo Sérgio, 28'/2º.T) - Técnico: Dejan Petkovic.

Por: Thiago Hildebrandt.

RAPIDINHA: Luís Ricardo segue fora contra o Luverdense

Fora da partida contra o Criciúma, na última terça-feira, Luis Ricardo deverá novamente ser desfalque na partida do próximo fim de semana, quando o Botafogo irá receber o Luverdense, no próximo sábado, às 16h30m. Com uma lesão muscular na coxa esquerda, Luis deverá dar lugar ao jovem Diego, que foi o titular da posição na noite de ontem.



Por: Igor Melo

Coluna da Thamyres Inácio: EM BUSCA DOS 3 PONTOS


Olá alvinegros,

No último sábado (25/07), empatamos com o Bahia por 1x1 na Arena Fonte Nova.

Somando 28 pontos, o Botafogo se manteve na liderança, entretanto não deixamos de lamentar a vitória fora de casa que mais uma vez não veio.

Agora temos uma sequência de jogos importantes, nossos próximos confrontos -Criciúma terça ás 21h50 e Luverdense sábado ás 16:30 - serão na nossa casa.

E sabemos que só dependemos de nós mesmos para conquistar esses 6 pontos e nos manter na liderança.

O fator casa conta como uma grande vantagem, não há nada melhor do que ter a torcida a favor, cantando, vibrando, jogando junto. E mesmo sabendo que vantagem e Botafogo são coisas que não combinam, acreditem... Vai que dessa vez a sorte esteja do nosso lado.

Compareça!

 Jogue com o time, o Botafogo precisa desses pontos, o Botafogo precisa de cada um de nós!



Nosso primeiro confronto é logo mais ás 21h50, contra o Criciúma, convoque os amigos e "Partiu Niltão", apoiem até mesmo depois do apito final, quem não poderá comparecer não deixe de assistir e mandar toda aquela energia boa lá pra Engenho de Dentro e juntos -mesmo que de longe-, vamos ajudar o Botafogo a somar esses 3 pontinhos de hoje.




Thamyres Inácio