Titularidade de Jorge Wagner à risco no Botafogo

Más atuações do camisa 10, podem levar jogador à reserva no clube

Por: Bruno Souza

Contratado para ser o camisa 10 do time do Botafogo nessa temporada, o meia Jorge Wagner ainda não conseguiu cumprir seu papel no clube e sua titularidade no time do Botafogo já começa a ser colocada em dúvida.

Com poucas atuações convincentes e as constantes melhoras do time com a entrada do meia Bolatti, o técnico Vagner Mancini já pensa em dar uma chance ao argentino, no time titular. Sem citar Jorge Wagner, o técnico fez elogios ao time com o argentino em campo na partida do último domingo:

Jorge Wagner vê sua vaga no time titular ameaçada.       Foto: Divulgação
- A melhor formação na partida de domingo, foi com a entrada de Zeballos e Bolatti. A equipe chegou mais à frente, foi mais consistente, brigou mais - disse Mancini.

Jorge Wagner foi um dos jogadores que mais perderam prestígio dentro do clube após a eliminação alvinegra na Libertadores. Mesmo com tudo contra, Jorge Wagner provavelmente será titular no domingo, contra o Internacional, pois além de não ter sua substituição no time afirmada pela técnico, o meia Bolatti não poderá jogar por estar emprestado pelo time gaúcho, ao Botafogo.

Júlio César pede impeto nos treinos por melhora do time do Botafogo

Lateral alvinegro quer foco nos treinamentos para time voltar a vencer

Por: Bruno Souza

Após folgar no dia de ontem, seguinte a derrota para o São Paulo na estréia do Brasileirão, o elenco alvinegro voltou no dia de hoje aos treinamentos e é nos treinos que o time trabalhará para melhorar seu futebol. Com o clube vivendo um jejum de vitórias e de boas atuações, o lateral Júlio César prega mais treinamentos para o time melhorar dentro de campo:

Júlio César quer time focado nos treinamentos       Foto: Arquivo Lance!
- Vamos trabalhar durante a semana, o Vagner (Mancini) está chegando agora. Vamos trabalhar bastante a parte tática e a parte técnica. Nós temos que melhorar para fazer um bom campeonato - disse o lateral alvinegro.

Após feito apenas três treinamentos com o elenco alvinegro na semana passada, o técnico Vagner Mancini terá a semana inteira para treinar o time, visando a partida de domingo, pela segunda rodada do Brasileirão, contra o Internacional.

Jefferson diz que time do Botafogo ainda não se encontrou no ano

Com poucas boas atuações em 2014, goleiro reconhece que time ainda não se encontrou na temporada

Por: Bruno Souza

As boas atuações do Botafogo no ano de 2014 vem sendo escassas e como consequência, o time acumula apenas 7 vitórias no ano. Esse baixo número de vitórias, deixa explícito o pouco entrosamento do time, que não consegue uma boa sequência de jogos na temporada. O Goleiro Jefferson, em entrevista à Rádio Globo, admitiu que o time não se encontrou em 2014:

- Esse ano a gente ainda não se encontrou. Foram embora muitas peças, chegaram outras e a gente ainda não se encontrou dentro de campo - Disse Jefferson.

Jefferson admite que time ainda não se encontrou       Foto: Alexandre Loureiro
Entre as poucas vitórias conquistadas em 2014, o goleiro citou as duas primeiras partidas do clube, no Maracanã, pela Libertadores, como as únicas em que o time conseguiu desempenhar um bom futebol dentro de campo:

- Para mim nesse ano, o Botafogo fez apenas dois jogos em que venceu com excelência, que foram os jogos contra o Deportivo Quito e contra o San Lorenzo, no Maracanã. Depois a gente não se encontrou, a gente realmente penou em alguns jogos para vencer - finalizou Jefferson, sobre o assunto.

Jogadores do Botafogo ressaltam melhora no segundo tempo

com pouca inspiração na partida de ontem,  jogadores alvinegros dão ênfase a melhora do time no segundo tempo

Por: Bruno Souza

Um segundo tempo melhor. É assim que os jogadores do Botafogo tentam amenizar os comentários críticos sobre a derrota de ontem, contra o São Paulo. Com um primeiro tempo abaixo da crítica, o time melhorou no segundo tempo na opinião dos jogadores. Bolívar falou sobre o assunto:

- No segundo tempo o time melhorou. A gente adiantou a marcação, fez uma marcação mais direta e isso acabou nos dando algumas oportunidades.Então é trabalhar e procurar não dar espaços aos adversários, como aconteceu na partida de ontem - disse Bolívar.

Bolívar viu melhora da equipe no segundo tempo.       Foto: Divulgação Botafogo
O time que iniciou a partida teve duas alterações feitas pelo técnico Vagner Mancini, ainda no intervalo de jogo. Perdendo por 2x0, o técnico se viu obrigado a mexer na equipe e Bolívar e Zeballos entraram nos Lugares de Jorge Wagner e Wallyson, respectivamente. O Lateral-esquerdo Júlio César também viu uma melhora do time na segunda etapa da partida de ontem:

- No primeiro tempo vimos o time do São Paulo jogar. No segundo tempo foi diferente. A gente adiantou um pouco a marcação e o time já atuou melhor. Criamos chance, o que não havia acontecido no primeiro tempo - ressaltou o lateral alvinegro.

O time que havia chegado poucas vezes no ataque na primeira etapa, criou algumas oportunidades na segunda etapa, mas não conseguiu oferecer grande perigo ao gol defendido por Rogério Ceni.

Mancini quer mais atitude no Botafogo

Técnico espera que time evolua em todos os sentidos nessa semana de treinos

Por: Bruno Souza

A derrota de ontem por 3x0, na estréia do Brasileirão, frente ao São Paulo, foi um balde de água fria na estréia do técnico Vagner Mancini. Com poucas mudanças em relação à forma que o time jogava com o ex-técnico Eduardo Hungaro, o time do Botafogo novamente não apresentou um bom futebol e foi superado pela rival. Com a semana livre para treinar, o técnico Vagner Mancini diz o que espera de mudança no time:
Mancini viu abatimento do time em campo, na tarde de ontem.        Foto: Ale Cabral

- A gente teve pouco tempo de trabalho, pouco contato, esteve se conhecendo. Agora é muito importante que a gente apresse algumas coisas, não só de parte tática, mas também de parte de entrega, de atitude. O aspecto emocional tem que estar mais forte durante as partidas - disse o técnico do Botafogo.

Convivendo com salários atrasados desde o começo da temporada, os jogadores do Botafogo não conseguem fazer o time voltar a vencer e já acumulam 11 derrotas em 24 jogos na atual temporada.

COLUNA DO BRUNO SOUZA: Botafogo, uma incógnita no Brasileirão

Fala galera botafoguense de todo o Brasil!

O Brasileirão começa hoje para o Botafogo. O jogo contra o São Paulo, marca o início da competição para o glorioso, mas também marca o início de um novo comando no clube, com a estréia de Vagner Mancini como treinador do Botafogo. Com esses dois começos no Botafogo, fica a pergunta: o que esperar do Botafogo nesse Brasileirão? A princípio, fica complicado fazermos uma projeção para o Botafogo no Brasileirão.

Para começar, há muitas coisas ruins rondando General Severiano. Só o fato de ser um ano eleitoral, já transforma o ambiente do clube. Muitas intrigas, disse-me-disse, e até brigas tem acontecido internamente no clube. A disputa pelo poder começa a esquentar e isso pode prejudicar o time dentro de campo.

Os bloqueios às rendas do clube e consequentemente o atraso salarial, a falta de ações efetivas da diretoria para melhorar a situação financeira do clube, os desentendimentos entre diretoria e jogadores, a insatisfação dos jogadores com a situação do clube, tudo isso pode influenciar negativamente o time, mas se o time for bem em campo, essas dificuldades serão amenizadas.

Falando em time em campo, vamos à ele. O torcedor botafoguense não sabe como o time se comportará no Brasileirão, mas a chegada de Vagner Mancini renova as expectativas com relação ao time do Botafogo. Projetar onde o time brigará no Brasileirão, é muito prematuro. Hoje o Botafogo não está entre os quatro melhores do Brasil, tampouco está entre os piores. Está onde a maioria dos clubes está: no meio do bolo, e nesse meio, é difícil saber se o time vai pender para a parte de cima da tabela, ou para a parte de baixo.

O time vem mal no ano, mas com novo técnico muito coisa pode mudar. Eu gostaria de ver no time titular, as entradas de Júnior César, Bolatti e Emerson Sheik. Na minha visão, caso os três entrassem no time, o time titular seria bom, apenas isso. O elenco é fraco, mas está na média de 80 % dos elencos dos times do Brasileirão. Com pouquíssimas opções de qualidade no banco de reservas, Vagner Mancini terá que fazer milagre para conseguir modificar o time durante as partidas. A solução para a deficiência no elenco alvinegro, talvez seja se desfazer de jogadores que vem sendo pouco utilizados e que oneram muito a folha salarial do clube e com esse "espaço financeiro", contratar outros jogadores para compor o elenco alvinegro.

É difícil prever o que acontecerá com o Botafogo no Brasileirão, mas é certo que o time titular não é o pior  e que o elenco precisa de reforços, e o principal para um segundo semestre bom no clube: a diretoria acertar seu rumo, entrar nos eixos para não acumular mais um fiasco na temporada. Ainda há muita água à passar de baixo da ponte chamada Brasileirão e o futuro do time, esse não pertence à Deus, mas sim depende dos nossos dirigentes!

É isso ai galera, vou ficando por aqui. Gostou da nossa coluna? Compartilhe com quem possa interessar e comente. Não gostou? Comente também e deixe o seu recado.

Saudações alvinegras e até a semana que vem!


Botafogo com time definido para o jogo contra o São Paulo

Com a volta de Dória, time não terá alterações na estreia no Brasileirão

Por: Bruno Souza

O pouco tempo no clube, fez o técnico Vagner Mancini não trazer novidades na escalação do Botafogo, para o jogo de amanhã, contra o São Paulo. O time que formou como titular nesta manhã, no último treino do time antes da estréia no Brasileirão, está escalado com: Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio César; Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro; Wallyson e Ferreyra.

Time do Botafogo fez último treino antes da estréia no Campeonato Brasileiro        Foto: Rodrigo Ciantar      
As novidades do treino desta manhã, foram a volta do zagueiro Dória, após ficar a semana junto com a seleção sub-21, em treinos preparatórios para o Torneio de Toulon e a entrada do atacante Emerson Sheik, recém-contratado pelo clube, no tradicional rachão de véspera de partida. O jogador se destacou com um gol e um passe para gol.

Vitória para iniciar bem o trabalho no Botafogo

Vagner Mancini espera que time vença amanhã, para ter uma boa sequência em seu início de trabalho no clube

Por: Bruno Souza

Os três dias de trabalho à frente do Botafogo, ainda são poucos para o técnico Vagner Mancini dar a sua cara ao time do Botafogo, mas o treinador, mesmo com o pouco tempo de trabalho no clube, espera uma vitória no jogo de amanhã, contra o São Paulo, no Morumbi,  para dar moral ao início de sua passagem no glorioso:

- É muito importante, é fundamental, sempre que se inicia um trabalho de vital importância, que se consiga os resultados. Até porque, aquilo que se tenta transformar no clube, o que se passa para os atletas, fica mais fácil quando se tem êxito logo no início - Disse Mancini.

Mancini quer iniciar bem o Brasileirão        Foto: André Durão
O técnico alvinegro que vem tentando corrigir os erros na parte tática da equipe, disse ainda, que iniciar um novo trabalho com vitória "dará mais tranquilidade e confiança ao jogadores". Com foco em um bom resultado fora de casa, o técnico Vagner Mancini espera um bom início de trabalho no Botafogo.

Guaraviton, patrocinadora do Fogão, irá patrocinar o Flamengo até o fim do ano


Empresa estampará sua marca na manga da camisa e pagará R$ 5,3 milhões por ano ao rubro-negro




A Viton 44, que patrocina o Botafogo desde 2012, agora também irá patrocinar o Flamengo. A empresa estampará a marca "Guaraviton" nas mangas do uniforme do clube e irá pagar a quantia de R$ 5,3 milhões por ano. Em entrevista ao Lance!Net, o dono da Viton 44, Neville Proa disse que não vê problema em patrocinar o arquirrival do Botafogo e que consultou a diretoria do Alvinegro antes de fechar o contrato.

- Nunca teve nada no meu contrato com o Botafogo que me impedisse de trabalhar com outro clube. É claro que o Guaraviton está com a marca ligada ao Botafogo, mas não podemos nos prender a isso. Conversei com eles antes de fechar o patrocínio com o Flamengo e não tive problemas quanto a isto.



Por: Igor Melo

ASSUMPÇÃO RECUA E BOLÍVAR CONTINUA NO BOTAFOGO


Elenco teria ido até a alta cúpula do clube pedir a permanência do "General"



Um dos pilares do Botafogo desde a temporada passada, o zagueiro Bolívar, que trocou farpas com o presidente Maurício Assumpção e ficou por um fio no clube, permanecerá no elenco do Botafogo. O mandatário do clube aceitou ter uma conversa com o jogador na manhã desta terça-feira e decidiu por manter o zagueiro no elenco. A decisão da diretoria foi tomada graças a uma pressão feita por todo o elenco do Botafogo, que pediu a manutenção do "General" no time.

Segundo informações do site UOL, na reunião desta manhã, Assumpção e Bolívar acertaram suas diferenças, mas Bolívar disse que manteria papel ativo nos protestos por salários em dia, mas disse ter apoio dos demais atletas.

Até agora a diretoria do Botafogo, focada em reformular o clube já "rebaixou" o técnico Eduardo Húngaro, o empréstimo do atacante Henrique e a demissão de seis membros da comissão técnica do clube.



Por: Igor Melo